30 março 2006

2 comentários:

oliude disse...

Estive a falar com uma amiga minha cabo-verdiana que me disse que Cabo Verde vai adoptar o crioulo como língua oficial. O português infelizmente só é falado nas escolas.

Edições Casa de Estudos de Alhos Vedros (CEAV) disse...

Têm todo o direito de o fazer. E viva a liberdade.