06 abril 2008

Explosão Cósmica


A NASA observou quarta-feira uma explosão cósmica tão potente e luminosa que os seus efeitos puderam ser detectados a olho nu a partir da Terra, embora tenha ocorrido há 7,5 mil milhões de anos a uma distância de mais de metade do Universo visível.

"Nenhum outro objecto conhecido ou qualquer outro tipo de explosão pode ser percebido a olho nú a tal distância", isto é 7,5 mil milhões de anos luz, comentou, maravilhado, Stephen Holland, um cientista da NASA, citado num comunicado da agência. " Se alguém estivesse a olhar para o lugar certo, no momento adequado, teria visto o objecto mais afastado alguma vez observado a olho nú sem ajuda óptica", salientou o cientista.


Até agora, o objecto mais longínquo que se podia ver a olho nú era a galáxia M33, que se encontra "apenas" a 2,9 mil milhões de anos luz.


A explosão, chamada Sobressalto Gama e detectada pelo satélite Swift da Nasa encarregue de as procurar, é um dos fenómenos mais violentos que ocorrem no Universo. O Sobressalto de quarta-feira "varre todos os Sobressaltos Gama que vimos até hoje", salientou Neil Gehrels, do Centro de Voo Espacial Goddard da Nasa.

2 comentários:

Anónimo disse...

SECURITY CENTER: See Please Here

A.Tapadinhas disse...

Visito um amigo espanhol que tem um blogue sobre o cosmos. Enviei-lhe hoje nota do acontecimento que relatas.
Abraço.
António