13 abril 2009

Queres um mantra?...

Conta uma história yogue que havia um jovem e imaturo aprendiz de "SWAMI" que morava nos contrafortes do Himalaia aprendendo e praticando a ciência do Yoga.
- A ciência de se tornar perfeito.
Seu mestre, um poderoso e renomado SWAMI, vez por outra mandava o jovem swami aprender com outros swamis mais adiantados.
Certa vez o mestre do jovem swami o mandou ir ter com um outro swami que morava no mais profundo Himalaia, entre Uttarkasha e Harsil.
O jovem foi vê-lo, e quando chegou ele perguntou:
-Qual o propósito da tua visita?
- Quero receber uma mantra - respondeu o jovem swami.
-Terás de esperar.
Quando os ocidentais se dirigem a a alguém em busca de uma mantra, estão preparados para gastar muito dinheiro, se preciso for, mas não querem esperar. O jovem com este mesmo espírito argumentou:
-Swamiji, tenho pressa.
-Então volta no ano que vem.
-Mas se eu ficar agora, quantos dias terei que esperar?
-Terás de esperar o tempo que eu quiser que esperes - replicou o sábio.

Diante disto, o jovem swami teve que esperar pacientemente, um, dois, três, quatro dias. Mas mesmo assim o velho swami não lhe dava a mantra.
No final do quarto dia, ele disse ao jovem swami:
-Quero dar-te uma mantra, mas tens de prometer que te lembrarás dela o tempo todo.
-Prometo! - disse-lhe o jovem swami.
Ao chegarem a beira do Ganges o sábio o fez prometer de novo.
-Prometo nunca esquecer esta mantra. - repetiu o jovem.
Mas o velho mestre continuou a contemporizar e o fez prometer por várias vezes.
Após repetir dezenas de vezes por fim o mestre disse:
-Onde quer que vivas, vive alegremente. Esta é a mantra. Sejas alegre em todos os momentos de tua vida, ainda que estejas por trás de grades. Onde quer quer que tu vivas, ainda que tenhas de ir a um lugar infernal, cria ali o céu. Lembra-te, meu rapaz, a alegria é obra tua. Requer tão somente o esforço humano. Tu mesmo tens de criá-la. Lembra-te da minha mantra.
O jovem swami se sentia muito feliz e muito triste ao mesmo tempo. Pois esperava que o velho swami lhe desse um som inusitado para repetir. Mas o velho foi mais prático.
E até hoje o swami aplica esta mantra em sua vida, e consta que ele em tido êxito em tudo que faz em toda parte.
Sua receita espiritual parece ser o melhor dos médicos que um ser humano pode dispor. Verdadeira chave da nossa própria cura.

7 comentários:

VOADOR IÓGUICO PARA A PAZ MUNDIAL disse...

Alô Luís,

Devido à corrupção dos costumes ( Era da Máquina) os Mestres não podem dar mantras (palavras/sons de silêncios criativos em língua sânscrita) a alguns alunos porventura demasiado desatentos.

Daí optarem por aconselhamento para que se identifiquem de acordo com a Natureza Humana que é muito divergente do sofrimento industrializado - porque é feita de Bem-Aventurança, Felicidade, Silêncios Criativos e Luz - a nossa verdadeira e dulcíssima Identidade.

Um abraço de luz,

Eduardo Espirito Santo

http://educacaobaseadaconsciencia.ning.com

luis disse...

Amigo Eduardo, o abraço chegou tal e qual. Obrigado e igualmente. Já tinha saudades de ler algumas palavras tuas. Só por isso valeu a postagem.

Mas já agora uma pergunta: Em tua opinião quais são os melhores mantras que podemos utilizar, à boa maneira da tradição lusa?

Aquele Abraço,
do Luis (sem acento).

VOADOR IÓGUICO PARA A PAZ MUNDIAL disse...

Vvia Luis,

Para os alunos mais atentos não há mantras para lusos, francos, germanos, etc. Os mantras são fonias universais, como as das quedas de água, trovões, ventos, ramagens a murmurar...

Agora é um bom tempo para serem interiorizados... porque buscamos a luz interior para balançar a krisis.
Os mantras não têm preço - embora os Cursos em que se possam aprender tenham propinas como no caso da MT... Desta forma não fica o indivíduo em dívida para com o tempo do professor ou mestre... mas sim para com a Energia Viva dos universos que respondem luminosamente às características dos diferentes agrupamentos de escola nacionais dos respectivos alunos mais atentos.

A chave para Portugal é 340 indivíduos a praticarem durante 8 horas por dia MT-Sidhi-Voo Ióguico de Maharsihi Mahesh Yogi.

Até lá, é preciso introduzir a MT na Educação.

Nada de extraordinário... se aceitarmos as 600 teses de investigação científica sobre a MT, vencendo como Galileu as teses místicas da época.

Agora é questão de persistir... mais do que nunca,

Aquele abraço e muita luz,

Eduardo Espírito Santo

luis disse...

Mas os mantras são necessariamente obtidos a partir da MT, ou de outras espiritualidades orientais? Será que não temos na nossa tradição espiritual fonias que podemos utilizar para alcançar os mesmos resultados?

VOADOR IÓGUICO PARA A PAZ MUNDIAL disse...

Oi Luis,

Através de Maharishi a Técnica Universal - Meditação Transcendental - MT e o seu Método de Aprendizagem encontram no indivíduo a satisfação do propósito da sua Libertação.
Existem outras abordagens vindas do Oriente que terão os seus efeitos, mas diferentemente da MT.
No mundo ocidental muito esporadicamente houve surtos de Conhecimento em vários momentos, na Antiguidade Clássica e no Cristianismo - mas só a partir da década de 60 do século passado se tornaram acessíveis ao comum dos mortais.

Abraços para o Luis,

Eduardo Espírito Santo

luis disse...

Acho que era mais ou menos nesses termos que estava a reflectir: Precisamos de conversar, de construir pontes, de percebermos as diferenças que nos constituem, de cultivar a amizade e de, por fim, sermos todos Um. Tantos caminhos para chegarmos no mesmo sítio. Tão simples.

Abraços com muita luz, pois então.

Novas dimensoes do Conhecimento disse...

Estive a ler as vossas perguntas e respostas. Bem sistematizadas e bem respondidas, mas se me permitem acrescento algo a esta frase do Eduardo; " devido à corrupção dos costumes (...) os Mestres não podem dar mantras "
Eu penso que esta Era de crise de valores humanos, incluindo os mais preciosos, que são obviamente os valores espirituais, é propícia à iniciaçao na tecnologia mântrica adequada à purificação dessa mente que "transporta " a corrupção de costumes. Nao pode haver uma tecnica para todos, pois cada um é diferente em tenperamento e personalidade ( como ensinava também o santo iluminado Hindu Ramakrishna )e cada ser vibra também numa intensidade pessoal. Os ensinamentos estão presentes e a fonte só pode dar prosperidade e abundância se for descoberta e se for saboreada.
um abraço de luz
Jacinto Pereira
(praticante de MT- Siddhi programme )